E tudo o vento levou – 15 factos sobre energia eólica (que provavelmente desconhecia)

Motofil wind energy

 

O aproveitamento da energia eólica tem crescido um pouco por todo o mundo, sendo esta uma das energias renováveis e sustentáveis que mais se tem evidenciado num esforço global de redução da utilização das energias de fonte fóssil, como o petróleo, que são mais poluentes e cada vez mais escassas.
No seguimento da nossa participação na WindEnergy Hamburg, a maior feira europeia dedicada à energia eólica, na qual demos a conhecer ao público a nossa linha de equipamentos de apoio à fabricação de torres eólicas, vamos partilhar 15 factos sobre a energia eólica, que provavelmente não conhecia.

 

#1

A conversão do vento noutras formas de energia já é feita desde o ano 2000 A.C..
Os primeiros moinhos (idênticos aos da imagem abaixo) surgiram na Pérsia e China. Para além disso, marinheiros viajavam nos antigos barcos à vela através da utilização do vento e agricultores utilizavam o vento para bombear água e triturar os grãos de cereais nos seus moinhos.

motofil wind energy 01

Fonte: Atlasobscura.com

 

#2

A primeira turbina moderna foi construída em 1940 em Vermont, EUA.
A turbina funcionou durante 1100 horas até que uma das pás começou a falhar. Até 1979, esta foi considerada a maior turbina eólica alguma vez construída.

motofil wind energy 02

Fonte: Cbc.ca

 

#3

As torres eólicas têm evoluído ao longo dos anos em termos de dimensões e de produção de energia eólica.
Em comparação com os dias de hoje, a tendência é que no futuro, numa torre o diâmetro das pás duplique e a produção de eletricidade quadruplique. A Motofil já retificou os insertos duma pá eólica de 60m.

Fonte: IEA (Twitter)

 

#4

Uma turbina offshore de 6000KW pode gerar energia para o fornecimento de 5500 casas.
Uma pequena turbina num quintal pode fornecer energia para alimentar uma casa inteira.

 

#5

A energia eólica é o único tipo de energia que não exige a utilização de água.
Prevê-se que em 2030, cerca de 30 triliões de garrafas de água tenham sido poupados nos EUA, dada a aposta neste tipo de energia.

#6

É cada vez mais barata a instalação de uma turbina eólica.
A produção em massa e os avanços na tecnologia estão a tornar as turbinas mais baratas, sendo que os custos operacionais após a montagem destas, são mínimos. Para além disso, o aproveitamento da energia eólica tem recebido subsídios e benefícios dos governos, pelo seu nível de poluição muito reduzido.

#7

As turbinas eólicas podem ser instaladas em localizações offshore, contrariamente a grande parte das energias renováveis.
Estas localizações apresentam grandes vantagens devido aos ventos que são mais constantes e fortes nas zonas marinhas. Nestas localizações a energia elétrica é transportada para terra por via de cabos subaquáticos.

motofil wind energy 04

Fonte: Energy.gov.com

 

#8

A maioria das turbinas modernas possui três pás que podem atingir os 320km/h.
(Equivalente à velocidade média de um TGV – comboio de alta velocidade).

#9

1000KW de eletricidade proveniente de energia eólica compensa a produção de cerca de 2600 toneladas de CO2.
(De acordo com a informação do National Renewable Energy Laboratory (NREL)).

#10

A dezembro de 2017, o maior produtor de energia eólica era a China, correspondendo a pouco mais de 1/3 do total mundial.
Mais informações aqui.
A China é também líder mundial a nível do número de turbinas eólicas. Cerca de 105 mil das 340 mil existentes em 2016, ou seja, 1/3, eram chinesas.

#11

1.155.000 é o número de empregados pela indústria da energia eólica em todo o mundo.
Estimativas apontam para que, só na União Europeia, em 2020 estejam 520 mil empregados.

#12

Em 2016 a Dinamarca era a líder europeia a nível de produção de energia elétrica, proveniente de fontes eólica – cerca de 40%.
Portugal está em 4º lugar com cerca de 20%. Mais informações aqui.

#13

Os maiores inconvenientes da energia eólica são as mudanças na velocidade do vento e o facto desta não ser aplicável a todas as áreas.
O impacto visual, o ruído e a possível ocupação de terrenos agrícolas férteis também são considerados como fatores de perturbação. Apesar disso, em termos gerais, as mais-valias sobrepõem-se aos fatores desfavoráveis.

#14

A maior turbina do mundo atualmente é uma Vestas de 8000KW, cujo diâmetro de pás é de 164m.
Atualmente, a maior pá é uma LM Wind Power de 88,4m.

#15

A energia eólica continua a ser subaproveitada, apesar do seu potencial de sustentabilidade para o futuro.
Apesar de na última década se ter constatado um crescimento de 25% de produção de energia proveniente de turbinas eólicas, esta energia renovável continua a corresponder a uma pequena percentagem do consumo de energia mundial (3,7% em 2015).

 
 
Um dos desígnios de responsabilidade social da Motofil é a de contribuir para o desenvolvimento de soluções que promovam a sustentabilidade global, e em particular no setor da energia eólica, tem constituído um grande desafio, o de garantir uma gama de tecnologias automatizadas à medida, que continuem a ir ao encontro das necessidades produtivas do setor.

 

Bibliografia: